terça-feira, 30 de setembro de 2008

Coral de Florianópolis no Palácio Foz



2 DE OUTUBRO, 21H30
CORAL DE FLORIANÓPOLIS NO PALÁCIO FOZ




A Associação Coral de Florianópolis, fundada em 1960, está em Portugal para comemorar os 260 anos da emigração açoriana para Florianópolis (Santa Catarina, Brasil), com um concerto de homenagem aos grandes clássicos da música popular brasileira.

Constituída por cerca de cinquenta cantores, interpretando um vasto repertório de música erudita, popular, folclore, religiosa e lírica, já actuou em concertos corais - sinfónicos dirigidos pelos mais prestigiosos maestros brasileiros.

Esta digressão conta com o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina e da Direcção Regional das Comunidades do Governo açoriano.

Olha quem dança


A RTP traz de volta a Dança ao

horário nobre da estação pública.


Da Dança Contemporânea ao ballet Clássico passando pelos Ritmos Latinos até aos mais recentes estilos herdeiros do Hip-Hop, todos serão apresentados em “OLHA QUEM DANÇA!”, um programa para toda a família.
O ponto de partida consiste em desafiar jovens (entre os 17 e os 26 anos) que tenham escolhido a dança como primeira paixão (profissionais ou semi-profissionais) a partilhar a experiência de palco com um dos seus pais – os filhos com as suas mães e as filhas com os pais (podem também ser padrastos ou madrastas).
14 pares irão competir pelo primeiro lugar através de um processo de eliminatórias ao longo de 16 programas.

As eliminatórias resultam em primeiro lugar, da votação do júri residente (4 elementos) mas é após a votação decisiva do público efectuada através de chamada telefónica, que os pares podem ser definitivamente eliminados da competição de Dança.
O programa será apresentado por Sílvia Alberto, uma cara bem conhecida dos espectadores portugueses.

Festival de recepção ao caloiro na Universidade de Lisboa


fULia 2008
Festival de Recepção ao Caloiro da UL

QUINTA-FEIRA e SEXTA-FEIRA, 2 e 3 OUTUBRO 22h15

ALAMEDA DA UNIVERSIDADE CIDADE UNIVERSITÁRIA, LISBOA


Reunir em festa toda a comunidade académica da UL recebendo os alunos do 1º ano.

fULia será, durante dois dias, espaço de encontro de todos os estudantes de oito faculdades, num ambiente de grande confraternização e folia em torno de concertos, tasquinhas e de outras actividades.


02 OUT (Bandas)Kalonga and the Ganja Farmers Stepacide Pow Pow Movement

03 OUT (Bandas)Harry Hates Hats Leonel Nunes Quim Barreiros


As "Cores da Tailândia" vão estar na Livraria Byblos




“Cores da Tailândia” na Byblos
Massagens, sabores e histórias da cultura Tailandesa


A Autoridade de Turismo da Tailândia, a Embaixada da Tailândia, o Restaurante Sete Pecados, o centro tailandês de massagens terapêuticas Medithai e a Livraria Byblos lançam um programa de divulgação da cultura tailandesa nos dias 2, 3 e 4 de Outubro, a partir das 17 horas, na Livraria Byblos das Amoreiras, em Lisboa.
O evento, designado “Cores da Tailândia”, é inaugurado pelo Embaixador da Tailândia em Portugal, Kasivat Paruggamanont, no dia 2 de Outubro às 19 horas.
Ao longo dos três dias, o Centro Tailandês de Massagens – Medithai utiliza um espaço da livraria para demonstração de técnicas terapêuticas de massagens tailandesas, entre as 17 horas e as 19 horas.

O restaurante Sete Pecados, oferece um cocktail tailandês, diariamente entre as 19 horas e as 21 horas, seguindo-se uma sessão de cinema, orientada pela Embaixada da Tailândia, com filmes legendados em inglês.

No sábado, dia 4 de Outubro às 16 horas, os mais novos podem assistir a uma sessão de contos tradicionais tailandeses, que evidencia a história e cultura do país.

Todas as sessões são gratuitas e a entrada é livre.
“Cores da Tailândia” na Livraria Byblos Dias 2, 3 e 4 de Outubro
A partir das 17h00
Rua Alberto da Mota Pinto, nº 17, Amoreiras, Lisboa

FAME estreia quinta feira no Tivoli


ESTREIA QUINTA-FEIRA NO TEATRO TIVOLI, EM LISBOA


HERMAN JOSÉ, CAROLINA PATROCÍNIO, MÓNICA SINTRA, VITOR DE SOUSA, OCTÁVIO DEMATOS, PEDRO RODIL, LAURA GALVÃO, JORGE KAPINHA, QUEREM SER OS PRIMEIROS AVER FAME, O MUSICAL!


Um vasto elenco sobe quinta-feira ao palco do Tivoli para levar à cena um espectáculo memorável que foi ícone dos anos 80 e continua a ser recordado por todos.

Agora, em palco, juntamos diferentes gerações que vão marcar o Outono, primeiro em Lisboa e depois no Porto.

Vanessa Marques, será a jovem ambiciosa Cármen Diaz que tudo fará para se notar na Escola das Artes.

A revelação de Morangos com Açúcar, FF, é o rapaz que vai querer aperfeiçoar a sua arte, enquanto Filipe de Albuquerque será o bailarino Tyrone que oriundo das ruas de Nova York se transformará no melhorbailarino da escola!

Igor Sampaio, actor conceituado que nos habituámos aver no pequeno ecrã, será o professor de Música que só vê Bach e Mozart àsua frente.

E tantos outros actores/cantores que vão certamente fazer levantar o público das suas cadeiras.

Fame o Musical foi concebido e desenvolvido por David de Silva, argumento adaptado de José Fernandez, músicas da autoria de Steve Margoshes, letras de Jacques Levy, com tradução e adaptação de Francisco Santos.

O espectáculo é apresentado pela Famous Produções em versão Portuguesa, sendo os diálogos em Português e as canções em Inglês, conforme guião original.

O vasto elenco, cerca de 25 actores e bailarinos, trabalhou sob orientação de Manuela Paulo, a encenadora, Nuno Feist, o director musical, e Ernesto Acosta, o coreógrafo.

A assistir a este grandioso espectáculo estarão alguns nomes da Cultura portuguesa, nomeadamente ligados à música, ao teatro e à televisão, como Vítor de Sousa, Octávio de Matos, Mónica Sintra, Zé Manel, CarolinaPatrocínio, Diogo Carmona, a nova geração de “Moranguitos” (Pedro Rodil,Laura Galvão, Cátia Godinho …), Ana, Inês Oneto, Cláudio Ramos, Jorge Kapinha, Afonso Vilela e, claro, Herman José que no seu lugar cativo assistirá a mais um musical produzido pela Famous Produções.

Segunda Temporada de " Durante a tua ausência"

O PEOPLE + ARTS EMITE
A SEGUNDA TEMPORADA DE
“DURANTE A TUA AUSÊNCIA”




Com a cumplicidade da família ou de um amigo, o programa “Durante a Tua Ausência” propõe-se solucionar os nossos problemas domésticos enquanto desfrutamos de um merecido descanso.





O People + Arts emite a segunda temporada desta produção, que estará em antena todos os dias da semana, de segunda a sexta, às 22h10.
Uma sessão de spa, uma escapada, uma viagem, aulas de dança... podem ser algumas das surpresas que o nosso “cúmplice” utilizará para afastar-nos de casa por algumas horas ou mesmo alguns dias.

Quando regressarmos, iremos dar de caras com a remodelação dos nossos sonhos... ou não!
Tudo começa por contar sempre com a cumplicidade de outro membro da família ou de alguém muito próximo que conheça os desejos de mudança do proprietário e os seus gostos pessoais. “Durante a Tua Ausência” encarrega-se do grupo de desenhadores responsáveis pelo trabalho. Juntos, o cúmplice e os especialistas vão levar a cabo a reforma que o interessado sempre quis fazer e nunca conseguiu concretizar.
O resultado irá pôr à prova não apenas o profissionalismo dos decoradores e arquitectos, mas também a solidez das relações familiares e de amizade, já que no final há que ver se a selecção de cores, decoração e estilos ficou realmente ao gosto do interessado.
“Durante a Tua Ausência” mistura os temas habituais dos programas de decoração com o destaque dado ao lado humano do desejo e a reacção que o interessado revela ao ver finalizado o trabalho.
Tudo isso protagonizado por pessoas reais, que revelam frente à câmara reacções autênticas, tão reais como se as vivessemos nós mesmos.
Nesta temporada veremos como uma casa pode parecer o segundo lar de uma equipa de basebol, como uma adolescente decide renovar a casa do seu pai recém-divorciado, como um sótão pode ser um divertido quarto infantil, como se pode transformar um jardim, como mudar uma sala de estar e até uma esquadra de polícia…

Carlos do Carmo no Casino Estoril!




Gala de homenagem a Carlos do Carmo
com a “Música e os Músicos” no Casino Estoril



Em exclusivo no Casino Estoril, Carlos do Carmo reencontra-se com os temas mais emblemáticos dos seus 45 anos de carreira na Gala “A Música e os Músicos”, agendada para a próxima Sexta-Feira.


Para um concerto irrepetível no Salão Preto & Prata, Carlos do Carmo convidou um notável conjunto de músicos, acompanhados pela Orquestra Sinfonietta de Lisboa, dirigida pelo Maestro Vasco Pearce de Azevedo.
Num tributo a um grande artista, o Casino Estoril acolhe, assim, um concerto de excepção, inserido no programa comemorativo que assinala o cinquentenário da Estoril Sol.



Carlos do Carmo fez questão que “A Música e os Músicos”, o espectáculo que concebeu para celebrar os seus 45 anos de carreira, tivesse a sua apresentação, única, no Salão Preto & Prata.


Nele reúne os mais notáveis músicos que, ao longo da sua vida, o acompanharam. Um espectáculo de amigos, feito para amigos. E, por isso, imperdível.
Numa surpreendente viagem pela sua carreira, Carlos do Carmo conta com António Vitorino de Almeida, ao piano, António Serrano, na harmónica, Carlos Bica, no contrabaixo, Carlos Manuel Proença, na viola, Fernando Araújo, no baixo, Joel Pina, no baixo, José Fontes Rocha, na guitarra portuguesa, José Manuel Neto, na guitarra portuguesa, José Maria Nóbrega, na Viola, e Ricardo Rocha, na guitarra portuguesa.


Trata-se de um regresso muito especial de Carlos do Carmo ao Salão Preto & Prata, onde assinou, aliás, memoráveis actuações, nomeadamente, em anteriores edições da Grande Gala do Fado.
Figura ímpar do meio artístico, Carlos do Carmo iniciou, em 1963, o seu percurso musical. Filho da fadista Lucilia do Carmo, estabeleceu, bem cedo, uma relação íntima com a “canção nacional”.

Aventurou-se por novos registos do fado, escolhendo criteriosamente o seu repertório, no qual sobressaem letras de nomes consagrados como, por exemplo, José Carlos Ary dos Santos.
O talento de Carlos do Carmo está bem patente numa vasta discografia, que inclui clássicos como “Por Morrer uma Andorinha”, “Bairro Alto”, “Gaivota”, “Canoas do Tejo”, “Os Putos”, “Lisboa Menina e Moça” ou “Estrela da Tarde”.
Mais recentemente, reeditou “À Noite”, um disco, apenas, distribuído em âmbito muito restrito.

Agora, este registo foi lançado em CD com dois temas extra: “Fado da Saudade”, o tema vencedor do prestigiado Prémio Goya, na categoria de melhor canção original, e “Fado Tropical”, composição escrita por Chico Buarque.

Programa Latitude hoje na RTP África



PROGRAMA LATITUDE, HOJE ,COM LILIANA LOURENÇO

Wagner regressa ao S.Carlos



Sonoridades clássicas, electrónicas e cinema
no São Carlos

No âmbito de Der Ring des Nibelungen (O Anel do Nibelungo), será apresentado no São Carlos não só um concerto de obras de Richard Wagner com direcção musical e comentários de Cord Garben no dia 2 de Outubro às 21:00h, mas também a projecção do filme mudo de Fritz Lang “A morte de Siegfried” com acompanhamento musical do primeiro instrumento electrónico – o teremin – em estreia absoluta, com Carolina Eyck & Ensemble, no dia 11 de Outubro, às 20:00h.
Com direcção musical de Cord Garben, vencedor de inúmeros prémios internacionais entre os quais sete Grammys pelas suas produções no MET e em Viena, serão interpretadas neste concerto versões de obras de Richard Wagner para orquestra de salão do século XIX e XX.
Com a participação de Quarteto Vianna da Mota, João Paulo Santos ao piano, Nuno Lopes no harmónio e elementos da Orquestra Sinfónica Portuguesa interpretarão entre outros excertos das óperas O Ouro do Reno, A Valquíria, Tristão e Isolda, Os Mestres Cantores e Parsifal.
Este concerto será comentado em inglês pelo próprio Cord Garben que no dia anterior, 1 de Outubro, pelas 19:00h, fará uma introdução ao concerto com exemplos musicais e tradução simultânea no Goethe-Institut. A entrada é gratuita.

Sons electrónicos e imagens mudas



Em estreia mundial, Carolina Eyck e o seu ensemble acompanharão ao vivo no dia 11 de Outubro, às 20:00h, a projecção do filme mudo “A morte de Siegfried“ (Siegfrieds Tod), do projecto cinematográfico de Fritz Lang “Os Nibelungos”, no São Carlos.
Ao som do teremin – o primeiro instrumento musical electrónico – será possível sentir e ver o espírito da época do drama de Lang e ouvir o fascínio dos tempos pioneiros da música electrónica do século passado.
Carolina Eyck estará acompanhada por Peter Schmidt na guitarra eléctrica e no sintetizador de guitarra, Magdalena Meitzner no vibrafone e na percussão, Roman Eyck no contrabaixo e Jan Bilk no sintetizador, computador e instalação musical.
Em antecipação a este concerto haverá uma introdução com Carolina Eyck denominada “A Arte de Tocar Teremin - Sons electrónicos e Imagens Mudas” no Goethe-Institut, no dia 10, às 19h00. A entrada é gratuita.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Dia Mundial da Música no TAGV

Orquestra Filarmonia das Beiras
Dia Mundial da Música
1 de Setembro às 21h30
Teatro Académico de Gil Vicente
António Sérgio Ferreira maestro convidado
Bruno Monteiro violino
Gonçalo Pescada acordeão

Programa
Antonio VIVALDI [1678-1741]
As Quatro Estações
Concerto Nº 1, A Primavera, RV 269, em Mi Maior

I – Allegro
II – Largo
III - Allegro
Concerto Nº 2, O Verão, RV 315, em Sol menor
I – Allegro non molto
II – Adagio - Presto
III - Presto
Concerto Nº 3, O Outono, RV 293, em Fá Maior
I – Allegro
II – Adagio - Presto
III - Allegro
Concerto Nº 4, O Inverno, RV 297, em Fá menor
I – Allegro
II – Adagio - Presto
III - Allegro
Astor PIAZZOLLA [1921-1992]
Quatro Estações Portenhas
I – Primavera Porteña – Allegro
II – Verano Porteño – Allegro Moderato
III – Otono Porteño – Allegro Moderato
IV – Invierno Porteño – Lento
Organização TAGV
Preçário

Preço normal 10,00€ Preço estudante e sénior 8,00€ Preço Amigo TAGV, estudantes dos conservatórios e da licenciatura em música da ESEC 5,00€

Informações
Teatro Académico de Gil Vicente
Praça da República _ 3000-343 Coimbra
Tel.: +351 239 855630 _ Fax: +351 239 855637
E-mail:
teatro@tagv.uc.pt; Url: www.uc.pt/tagv; Blog: http://blogtagv.blogspot.com/
Bilheteira: 17h00-22h00 _ segunda a sábado _ telefone: 239 855 636

Lesboa Party comemora 2º aniversário

" LESBOA PARTY" COMEMORA 2º ANIVERSÁRIO


É já na próxima sexta-feira, dia 3, a partir das 23h30, no Pavilhão de Exposições (ISA), na Tapada da Ajuda, em Lisboa, que a LESBOA PARTY assinala o seu 2º aniversário, com uma edição Best Of.

A festa de 2º aniversário, cujo dress code é BRANCO, conta com as batidas das DJs R. Kraft (warm up), Mariana Couto (www.myspace.com/marianacouto), Rita Zukt (www.myspace.com/ritazukt) e Tânia Pascoal (www.myspace.com/taniapascoal), já conhecidas do público lesboeta por superar expectativas em edições anteriores.

Numa noite para celebrar e usufruir de boas vibrações, não faltará a animação com a assinatura criativa, e exigente, do artista STRESS Live Performance (http://www.bystress.com/).

A projecção de imagem estará a cargo do VJ Phaustino http://www.myspace.com/phaustino).





Encontro no Hard Rock Café no Dia Mundial da Música


Voting Party no Hard Rock Café reúne nomeados para os MTV Europe Music Awards 2008 no Dia Mundial da Música


Buraka Som Sistema, Rita Redshoes, Sam The Kid, Slimmy e The Vicious Five vão conviver com os seus fãs e apoiantes nesta original festa MTV aberta ao público


Evento antecede o anúncio do vencedor português dos MTV Europe Music Awards 2008, a realizar no dia 6 de Novembro, em Liverpool


A MTV celebra o Dia Mundial da Música – 1 de Outubro – com um original evento no Hard Rock Café, em Lisboa, que junta os artistas nomeados para os MTV Europe Music Awards 2008 aos seus fãs e apoiantes numa noite animada pelo conhecido DJ Kwan.

Buraka Som Sistema, Rita Redshoes, Sam The Kid, Slimmy e The Vicious Five são as 5 bandas nomeadas para a edição deste ano dos MTV Europe Music Awards na categoria Portuguese Act , sendo que o vencedor será anunciado no próximo dia 13.
Além de interagir com os seus artistas favoritos, os presentes neste evento vão poder participar na votação que vai determinar o vencedor português.

A MTV preparou também para esta festa uma exposição com peças dos cinco nomeados, como por exemplo os sapatos de Rita Redshoes e os pratos da bateria dos The Vicious Five.

Esta original mostra vai estar patente até 6 de Novembro, dia em que se realiza os MTV Europe Music Awards, na cidade inglesa de Liverpool.
O vencedor da categoria Portuguese Act é escolhido pelo público através de uma votação a decorrer no site www.mtv.pt/ema ou através do endereço mobile m.mtvema.com até 12 de Outubro.

Ao receber este prestigiante galardão, o vencedor entrará numa nova competição - Europe’s Favourite Act -, que elegerá o artista europeu preferido do público entre os 23 projectos vencedores em cada um dos países onde a MTV está presente.

O vencedor a nível europeu será anunciado em directo no dia do espectáculo.


A 15ª edição dos MTV Europe Music Awards realiza-se na Echo Arena no dia 6 de Novembro, em Liverpool, com transmissão em directo na MTV Portugal.

Pela segunda vez, Inglaterra recebe os MTV Europe Music Awards, evento que passou por Londres em 1996 e agora é a vez da cidade-berço dos Beatles o acolher.

O MTV Europe Music Awards tem sido recebido nos últimos 15 anos por várias outras cidades europeias, de entre as quais Lisboa em 2005.
A categoria Portuguese Act foi lançada em 2003 – o mesmo ano em que a MTV Portugal iniciou emissões – servindo simultaneamente para projectar internacionalmente a música portuguesa e confirmar a riqueza e diversidade da música nacional, visível no elenco de artistas e bandas que foram premiados com o galardão: Blind Zero (2003), Da Weasel (2004 e 2007), The Gift (2005) e Moonspell (2006).
A 15ª edição dos MTV Europe Music Awards conta com o patrocínio da Sony Ericsson, edc by Esprit e Dell.

Dia Mundial da Música comemorado em Braga com recital de Catarina Molder


ÓPERA, CABARET E FADO EM FUSÃO

NO DIA MUNDIAL DA MÚSICA


“Memória dos Anjos – Da Fé à Perdição Vai Um Passo” é o recital cénico que a soprano Catarina Molder e o pianista Nuno Barroso protagonizam a 1 de Outubro (21h30) no Theatro Circo em contexto de evocação do Dia Mundial da Música.

Partindo da atracção entre opostos como princípio unificador, o projecto da Companhia de Ópera do Castelo coloca em palco um cruzamento de múltiplas áreas artísticas, conjugando reportórios e linguagens musicais, plásticas e cénicas tão distintas como a ópera, o cabaret e o fado que em comum têm a sua base lírica.

Produto final da busca de novos formatos para o tradicional recital de canto e piano, “Memória dos Anjos” expõe a fé religiosa de Puccini, que, em queda vertiginosa, passa para a perdição com trechos da ópera “Lulu”, de Alban Berg, e da “Cantata Fausto”, de Scnitke, com a provocação e sensualidade cruas do “kabarett” alemão, nas canções de Kurt Weill, Schönberg e Hollaender e a doce melancolia do fado.

Homenagem aos grandes momentos e «intérpretes/anjos» que marcaram o “kabarett”, a ópera e o fado, o espectáculo, que conta ainda com encenação de Jorge Rodrigues e vídeo do artista plástico Noé Sendas, expõe o Canto como libertação superior, sublimação dos gritos, dores, alegrias e desesperos que uma cantora desenvolve num percurso iniciático, perseguida por um mundo de imagens e sombras de um cenário vivo, projectado num amplo espaço nocturno.

Inicialmente apresentado no espaço “Lux”, em Lisboa, “Memória dos Anjos”, definido por Catarina Molder como «uma sequência de canções oriundas do repertório erudito que são exploradas sob ponto de vista da sua carga dramática, numa trama teatral» inclui ainda a interpretação/ representação de obras de Benjamin Britten, M. Spoliansky, Amadeu do Vale, Lino Ferreira, António Mestre e J. Maria Rodrigues.

«Interessa-me muito misturar expressões artísticas distintas, repertórios opostos para não só criar sequências sonoras e musicais ricas e contrastantes, como ampliar todas as possibilidades cénicas e teatrais que estas misturas suscitam» salienta a soprano – também autora e directora artística – que fez nascer “Memória dos Anjos” a partir da «profunda vontade de querer renovar os formatos dos concertos tradicionais, praticamente inalterados desde há mais de duzentos anos».

Formada em Canto pela Escola Superior de Música de Lisboa e com uma pós-graduação na mesma área pela Hochschule für Musik und Theater de Hamburgo, Catarina Molder, fundadora da Companhia de Ópera do Castelo, dedicou-se ainda, paralelamente ao seu percurso como cantora à concepção de espectáculos destinados à sensibilização do público infantil para o canto lírico e música erudita.

A par do recital “O Universo da Infância”, foi responsável pela criação, produção e interpretação de óperas como “A Hand of Bridge” (2001), “A Casinha de Chocolate”, de Humperdinck, ou “Chez Castafiori”, entre outros.

" Sem Escrúpulos" estreia hoje no AXN


ESTREIA DA SÉRIE
SEM ESCRÚPULOS NO AXN



Esta série conta com nomes sonantes no elenco, tais como Glenn Close ou Ted Danson.

Sem Escrúpulos recebeu o Emmy Award para Melhor Actriz em Série Dramática na passada semana, atribuído a Glenn Close que interpreta a intrépida e implacável advogada Patty Hewes; Melhor Actor Secundário em Série Dramática, para Zeljko Ivanek no papel de Ray Fiske; e ainda o Emmy Award para Melhor Casting em Série Dramática, atribuído no passado dia 13 de Setembro a Julie Tucker, Ross Meyerson e Avy Kaufman.


Sem Escrúpulos é um “thriller” passado na cidade de Nova Iorque, nos meandros da alta advocacia.


A série, que nos dá um ponto de vista sobre a verdadeira natureza do poder e sucesso, segue as vidas atribuladas de Patty Hewes (Glenn Close), a mais temida, odiada mas muito bem sucedida litigante da nação, e a sua protegida, Ellen Parsons (Rose Byrne), uma jovem advogada, brilhante e ambiciosa.


A firma de advogados de Patty vê-se envolvida num caso que tem como alvo o alegado corrupto Arthur Frobisher (Ted Danson), um dos executivos mais ricos de todo o país.

À medida que Patty mede forças com Frobisher e o seu advogado Ray Fiske (Zeljko Ivanek), Ellen será testemunha de como se ganha a qualquer preço, ao mesmo tempo que percebe que vidas, assim como fortunas, podem estar em jogo.


Estreia: Segunda 29 de Setembro às 22h25
Emissão: Segundas às 22h25
Duração: 60 minutos x 13 episódios
Produtores executivos: Todd Kessler, Glenn Kessler e Daniel Zelman
Intérpretes: Glenn Close, Rose Byrne, Ted Danson, Zeljko Ivanek, Tate Donovan

Animax estreia série hoje





O CANAL ANIMAX ESTREIA A SÉRIE
MORIBITO, GUARDIÃO DO ESPÍRITO SAGRADO


MORIBITO, GUARDIÃO DO ESPÍRITO SAGRADO



De geração em geração, uma lenda tornou prisioneiros todos os herdeiros ao trono de Yogo, no inevitável momento em que qualquer um deles vem ao mundo sendo portador da semente dos Espíritos da Água, tal como se previu há mais de 100 anos.
A cada dez anos, um Espírito da Água implanta um ovo no interior da uma pessoa convertendo-a num Guardião do Espírito Sagrado.

Desta vez, o ovo foi implantado no interior do príncipe Chagumu, filho da segunda imperatriz, segunda esposa do Imperador do novo império de Yogo.

O imperador quer acabar com a vida do próprio filho porque acredita que ele é a reencarnação de um demónio com o qual havia lutado um antepassado seu (o primeiro imperador) e pensa que isto pode ser nefasto para o seu país.

O que o Imperador não sabe é que o seu filho é na realidade o portador do ovo que faz florescer a terra a cada 100 anos, imprescindível para a Humanidade e para a Terra, já que sem este ciclo essencial todos morrem.
Numa das tentativas de assassinato, Chagumu é salvo por Balsa, que trabalha como guarda-costas para espiar uma acção do passado e que usa como arma uma lança curta.


Além disso, a segunda imperatriz pede a Balsa que proteja o seu filho do Imperador e que o leve para um lugar seguro, tarefa que a faz arriscar a sua própria vida e que a torna ao mesmo tempo inimiga de toda a Corte Imperial.
Mas não são só os assassinos do Imperador que procuram Chagumu, já que umas entidades de uma dimensão paralela, chamada Nayugu, estão no encalço do ovo que se encontra no seu interior, com o objectivo de o devorar...



Estreia: Segunda 29 de Setembro às 19h30
Emissão: Segundas às 19h30

domingo, 28 de setembro de 2008

Mafalda Veiga tem novo site!

MAFALDA VEIGA



Para abrir a janela de par em par, e descobrir cada canto, aceder ao novo domínio: http://www.mafaldaveiga.sapo.pt/

Exposição de Fotografia na Colorida Galeria de Arte

"CONCHAS - A Beleza Escondida"

Exposição da Fotógrafa Argentina SILVIA MARMORI


" Não faz muito tempo e devido à um mero acaso eu acabei porcruzar um linha divisória: parei de tirar fotos e comecei a ver omundo através de minha câmara.

Nunca mais fui a mesma! "


Patente até 18 de Outubro de 2008

Segunda à Sábado, 13:30h às 19:00h

Colorida Galeria de ArteRua Costa do Castelo, 63 - Lisboa

Tel 211 512 142

www.colorida.pt

Disco de Angélico à venda apartir de amanhã


ANGÉLICO À VENDA DIA 29 DE SETEMBRO
Finalmente o disco de estreia a solo de Angélico!
Totalmente composto e produzido por Angélico, este disco apresenta influências que vão desde o Hip Hop/Soul ao som da Jamaica, passando pelo Brasil, obtendo uma sonoridade que será reconhecida daqui para a frente como “o som do Angélico”.
Uma legião de fãs aguarda ansiosamente o lançamento do disco, sobretudo após ter conhecido o primeiro single, “Bailarina”, que tem feito vibrar todo o público.

Ciclo de Grandes Concertos encerra com Tiago Bettencourt




Tiago Bettencourt encerrou
ciclo de concertos no Casino Estoril

Rodeado de um público entusiasta, Tiago Bettencourt apresentou , no Du Arte Lounge, o seu mais recente álbum intitulado “Jardim”.
Secundado, desta vez, pelos “Mantha”, o cantor regressou ao Casino Estoril para encerrar mais um ciclo de “Grandes Concertos”, que se distinguiu, uma vez mais, pela expressiva adesão de público ao longo do Verão.
Num registo intimista, Tiago Bettencourt interpretou alguns dos temas mais conhecidos de “Jardim”, nomeadamente, “Canção Simples”, “Labirinto”, “Outono”, “Amanhã”, “Noite Demais”, “Fim da Tarde” ou “O Jogo”.
Com a renovada sonoridade dos “Mantha”, Tiago Bettencourt partilhou o palco com Tiago Maia, no baixo, e João Lencastre, na bateria.
Noutro momento alto do concerto, Tiago Bettencourt interpretou, também, composições que marcaram o seu percurso como vocalista dos “Toranja”.


O cantor recuperou “Cenário” e “Carta” do CD “Esquissos”, editado em 2003, assim como “Laços” e “Os Dois”, do álbum “Segundo”, gravado em 2005.

Filme do Mês no Animax, hoje



FILME DO MÊS NO ANIMAX:
– INITIAL D EXTRA STAGE 1 E 2:
MAIS ALÉM DE IMPACT BLUE E EMOÇÃO BRANCA



MAIS ALÉM DE IMPACT BLUE


Em Mais Além de Impact Blue, Mako e Sayuki prosseguem com as suas habituais corridas de automóveis, mas Mako não se pode concentrar na condução depois da ruptura com Iketani. Ambas ficam a saber por Shingo que uma equipa chamada Imperador se dirige para Usui para conquistar Gunma.

Serão Mako e Sayuki capazes de derrotar a equipa?


EMOÇÃO BRANCA


Emoção Branca apresenta-nos Mako e Sayuki numa aventura de snowboard.

Encontram Shingo, que tem planeado aproximar-se de Mako e Miyahara.

Isso acontece precisamente na altura em que Miyahara confessa a Mako que vai deixar o mundo das corridas e pede-lhe que faça o mesmo.



Estreia: Domingo 28 de Setembro às 19h30

Nova Programação musical no Casino Lisboa




Casino Lisboa privilegia em Outubro
a música ao vivo no Arena Lounge



São múltiplas as propostas de animação musical que o Casino Lisboa reservou para os seus visitantes.


Em Outubro, no palco multiusos do Arena Lounge, actuam as bandas Akunamatata, Balangandã, Clara Ghimel, Elle e Maria Anadon, secundada pelo seu habitual conjunto de músicos.
É já na próxima Terça-Feira que os Akunamatata regressam ao Arena Lounge para interpretar os melhores clássicos do rock e do pop.


Até 6 de Outubro, a vocalista Irina Furtado será acompanhada por Tarot, na guitarra, Tiago Moreira, no baixo, e João Morais, na bateria.
Inspirados em registos de bossa nova, jazz e blues, os Balangandã protagonizam outro ciclo de actuações, de 7 a 13 de Outubro.


A banda privilegia um conjunto de covers, prestando homenagem a nomes como Ella Fiztgerald, Rita Lee, Chico Buarque ou Cármen Miranda.


A vocalista Ana Rodrigues será secundada por Tiago Maia, no baixo, Miguel Cerzini, na guitarra, e Rui Reis, na bateria.
Na semana de 14 a 20 de Outubro, Clara Ghimel está de volta ao Arena Lounge para recuperar as melhores sonoridades dos blues soul, funk, Rock e Bossa Nova.


A vocalista partilha o palco com Sergio Zurawski, também, em guitarra eléctrica, Kal Robson, no baixo eléctrico, Marco Pombinho, ao piano, e Isaac Achega, na bateria.
Por sua vez, os Elle apresentam-se, de 21 a 27 de Outubro, para recuperar êxitos das décadas de oitenta e noventa.


Com ambiências de Jazz contemporâneo, Elisa Rodrigues é secundada por José Dias e Alcides Miranda, nas guitarras, Nuno Oliveira, no contrabaixo, e Alexandre Alves, na bateria.
Aguardada, também, com expectativa, Maria Anadon actua de 28 a 31 de Outubro.


A artista convida o público a recordar clássicos do jazz, remisturando-os com ritmos latinos. Maria Anadon será acompanhada, ao piano, por Victor Zamora e na percussão, por Sebastian Cheriff.



Juke Box no Arena Lounge
A animação musical no Arena Lounge encerra, todas as noites, com a melhor selecção a cargo dos DJ’s na Juke Box.


Entre a uma e as três horas da madrugada, os contagiantes ritmos musicais estão em evidência no Casino Lisboa.



Jukebox
1 - MR. CHEEKS (SUPAFLY)
2 - KAMALA
3 - JOSÉ BELO
4 - LUCIO MONTEIRO
5 - MARY B
6 - CARLA MENITRA
7 - MIKE STELLAR (CLUB JOURNEYS)
8 - DIOGO PIRES
9 - JOSÉ BELO (BLOOP)
10 - PAN SORBE
11 - BELITA
12 - BRUNO PORTUGAL
13 - ALCIDES
14 - JORGE ÉVORA (OXIGÉNIO/MARGINAL)
15 - JOÃO MARIA
16 - JEPE (JOHNWAYNES)
17 - MIGUEL KELLEN
18 - LUCIO MONTEIRO
19 - LAD
20 - D-MARS (ROCKY MARSIANO)
21 - MIKE STELLAR (CLUB JOURNEYS)
22 - SELECTA LEXO (EMBASSY)
23 - KAMALA
24 - KWAN (MUNDO COMPLEXO)
25 - BELITA
26 - MIGUEL KELLEN
28 - JORGE ÉVORA (OXIGÉNIO/MARGINAL)
29 - DJ RIDE (TURNTABLE FOOD)
30 - JOSÉ BELO (BLOOP)
31 - MIGUEL KELLEN

Cinema em estreia hoje no AXN



CINEMA EM ESTREIA NO AXN
- AGARREM-ME ESSES FANTASMAS -

AGARREM-ME ESSES FANTASMAS

Peter Jackson, o realizador da trilogia O Senhor dos Anéis, dirige este filme que nos conta a história de Frank Bannister.
Frank liberta casas assombradas e para isso associa-se a três verdadeiros fantasmas que só ele pode ver e que assustam as pessoas.
O seu trabalho é rentável, até ao dia em que as pessoas da aldeia começam a morrer misteriosamente.
Frank descobre que todos têm, antes de morrer, um número marcado na testa.

Desesperado, tenta prevenir as autoridades...



Estreia: Domingo 28 de Setembro às 22h30
Título original: The Frighteners
Ano de produção: 1996
País de produção: EUA, Nova Zelândia
Género: comédia, terror
Duração: 105 minutos
Realizador: Peter Jackson
Intérpretes: Michael J. Fox, Trini Alvarado, Peter Dobson, John Astin

sábado, 27 de setembro de 2008

Queer Lisboa 12 termina com programação forte!


"ANTÓNIA" VENCE FESTIVAL DE CINEMA GAY E LÉSBICO!





" Antónia ", uma longa metragem de Tata Amaral , venceu o festival Gay e Lésbico de Lisboa na respectiva categoria.

"Darling! The Peter-Dirk uys Story" , de Julian Shaw, arrecadou o prémio de melhor documentário e o prémio para a curta metragem escolhida pelo público coube a "Praça da Luz, 69", de Carolina Markowicz e Joana Galvão.

Ao filme "Barcelona ( Un Mapa )" coube o prémio de melhor actor ( Josep Maria Pou) e de melhor actriz ( Núria Espert).

Mas durante a tarde foram exibidos, em repetição, um documentário de dois jornalistas Luca Ragazzi e Gustav Hofer de seu nome " Improvvisamente L' Inverno Scorso" e uma longa metragem realizada por Ferzan Ózpetek, " Saturno Contro".

Em " Improvvisamente L'Inverno Scorso" é abordada a convulsão social e política criada em Itália com o projecto lei apresentado pelo Governo garantindo direitos aos casais homossexuais.A reacção da população e sobretudo a reacção da Igreja católica protagonizada pelo Vaticano são bem evidentes neste documentário revelador de uma homofobia que parecia não existir.


" Saturno Contro" conta a história de um grupo de amigos que subitamente se vê confrontado com o desaparecimento de um deles.Como ultrapassar esta perda, e como a entreajuda feita de amizade e de partilha ajuda a enfrentar a dor é uma mensagem positiva que nos faz pensar naqueles com quem convivemos e com quem podemos invariavelmente contar. E nem sempre são os que conhecemos como família tradicional.

De salientar ainda ,mais um debate desta vez com o tema " Religião e Homossexualidade". Teve como participantes Vincenzo Patanè, Oded Lotan,Gustav Hofer e Luca Razzi . A moderação coube a António Fernando Cascais.A posição da Igreja Católica é bem conhecida de todos mas foi também abordada a intolerância islâmica, agravada com os radicalismos surgidos ultimamente.

Terminou pois a 12ª edição do festival Gay e Lésbico. Falando com um dos organizadores, Nuno Galopim," o balanço é positivo e esperamos que no próximo consigamos melhorar o Festival em todas as suas vertentes".

Nós também o esperamos e ficamos a aguardar o próximo festival.

Gnr+Gnr hoje na Rtp





A banda de Rui Reininho, Toli César Machado e Jorge Romão subiu ao palco do Pavilhão Atlântico com a banda sinfónica da Guarda Nacional Republicana, com 120 elementos, dirigida pelo Tenente Coronel Jacinto Montezo.
O rock vanguardista e peculiar dos GNR e a tradição secular da Banda Sinfónica da GNR num concerto memorável!
Agora a oportunidade de ver, ou rever, um dos momentos mais importantes da música nacional.
HOJE NA RTP 1 PELAS 23H45

Alteração ao Programa de Domingo " Ao Domingo o Terreiro do Paço é de todos"


No âmbito da iniciativa " Ao Domingo o Terreiro do Paço é para todos" a Câmara Municipal de Lisboa informa que estão canceladas “Visitas Guiadas aos Paços do Concelho”no próximo Domingo, dia 28 de Setembro


As habituais “Visitas Guiadas aos Paços do Concelho” (Praça do Município, Lisboa), que se realizam aos Domingos, não se efectuam no próximo Domingo, dia 28 de Setembro, por motivos de ordem técnica.

As visitas serão retomas no Domingo seguinte, dia 5 de Outubro, mas apenas às 15h00, posto que no período da manhã os Paços do Concelho acolhem as cerimónias comemorativas da Implantação da República.

" Houseboy" estreia extra concurso ontem no Queer Lisboa 12

A Organização do Queer Lisboa 12 presenteou-nos ontem com a exibição de uma longa metragem, extra concurso, de seu nome " Houseboy", realizada por Spencer Schilly.

Conta a história de um rapaz, Ricky, que fica a tomar conta da casa dos amigos com quem partilha a cama. Os dias vão passando, estamos no Natal e Ricky sente-se só. Procura companhia e sexo na Net , engates, sexo anónimo mas a sua vida continua sem sentido. Toma uma decisão na véspera de Natal, mas não consegue engolir os comprimidos que ingere. A campainha soa e aparece um amigo que conhecera há pouco e que lhe vem fazer companhia. Salvo pelo bater do gong!

Ricky encontra neste amigo a força para continuar a sua vida e para defrontar as adversidades que possam surgir. Uma mensagem simples mas muito real.

Faziam igualmente parte do programa de ontem algumas longas metragens já exibidas, e um programa de curtas muito curioso.

Nesta selecção de curtas pretende demonstrar-se que na cinematografia queer o humor também existe.

La Dinde é a história de uma mãe que perante o esquecimento dos filhos do seu aniversário lhes prepara um jantar onde estarão todos menos ela.

Em Jag Ar Bög estamos perante um jovem que pretende dizer aos pais que é homossexual mas perante o desfilar de desgraças que tal anúncio traria acaba por nada dizer.

Radu+Ana é um divertido cartão de visita do cinema romeno.

Mais uma vez fomos chamados a dar a nossa opinião e aguardamos com alguma ansiedade para saber se realmente conseguimos eleger o que considerámos o melhor.

Foi ainda exibida longa metragem Saturno Contro , a concurso,que será objecto de futura análise.
O Festival termina amnhã com a exibição de Antónia, uma longa metragem de realização brasileira.
Antes teremos a cerimónia da entrega dos prémios nas diversas categoria

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

1001 Músicos no Centro Cultural de Belém

FESTA DAS ESCOLAS DE MÚSICA
1001 MÚSICOS

A Festa das Escolas de Música vai regressar aos palcos do CCB! São mil e um jovens músicos juntos na grande celebração da música!
DOMINGO, 28 SETEMBRO - ÀS 23:00
GRANDE AUDITÓRIO E SALA FERNANDO LOPES GRAÇA
CENTRO CULTURAL DE BELÉM

Uma iniciativa do Ministério da Educação com a colaboração do Centro Cultural de Belém Para pais e alunos das escolas de música e do ensino regular
Haverá estreantes e outros que já participaram nesta imensa festa. Mil e um músicos, alunos de escolas de todo o país em mais de uma dezena de concertos no Grande Auditório, mas também no foyer e na Sala Lopes Graça.
Orquestras, coros, grupos de câmara, solistas, enfim, muitos jovens músicos à espera de públicos de todas as idades.
Música de diferentes tempos e de muitos lados, sons que foram, ainda há pouco, assunto de sala de aula e aprenderam, entretanto, a ser programa de concerto.
Pela segunda vez nos palcos do CCB há mil e um músicos…
E mil e um ouvintes para aplaudir tanta música!

Jornadas Europeias do Património em Braga


JORNADAS EUROPEIAS DO PATRIMÓNIO:

EXPOSIÇÃO NA “FONTE DO ÍDOLO”,

MÚSICA E DANÇA NAS TERMAS ROMANAS


“As Fontes da Fonte do Ídolo” é o tema para a exposição que a Câmara Municipal de Braga, através do seu Gabinete de Arqueologia, inaugurou hoje pelas às 11h00 de amanhã no Núcleo Museológico da Fonte do Ídolo (Rua do Raio).

A mostra – que se vai manter patente ao público naquele sítio de interesse arqueológico até 19 de Dezembro – pretende dar a conhecer as diferentes propostas museológicas para ali projectadas e realizadas pela Direcção-Geral dos Monumentos Nacionais.

A inauguração desta exposição insere-se nas Jornadas Europeias do Património, a que o Município de Braga se associa, não só através desta iniciativa, mas também com a realização de mais dois eventos culturais, ambos tendo por palco o Núcleo Museológico das Termas Romanas do Alto da Cividade.

Concretamente: o espectáculo de dança contemporânea “Alice”, às 17h00 de sábado (27), pelo Centro de Educação pela Arte - Arte Total; e a Tuna Universitária do Minho, às 17h00 de domingo (28).

“As Fontes da Fonte do Ídolo” – refira-se ainda –, tem a intenção de, com recurso a imagens e plantas, divulgar junto do grande público o mais recente estudo efectuado sobre o monumento, da autoria de Ana G. Elena, Ricardo Mar e Manuela Martins, que, «de um modo inédito, abordam este importantíssimo santuário romano, não só numa perspectiva epigráfica, mas também, e principalmente, arquitectónica, permitindo-nos deste modo, vislumbrar o aspecto primitivo daquela fonte sagrada».

A exposição está organizada de modo a chegar a um volume de público dilatado, em que, pelo carácter pedagógico, ganha destaque a comunidade escolar.

A visita à exposição é gratuita, sendo, contudo, necessária a inscrição prévia para grupos, o que se efectua através dos seguintes contactos: 253218011 ou geral@fonte-idolo.mail.pt.

Hoje no Maxime o quarteto 4444


QUARTETO 4444


MANUEL JOÃO VIEIRA (voz e guitarra)

CARLOS BARRETO (contrabaixo)

JOÃO LUCAS (piano)

BETO GARCIA (bateria)


Pela quarta vez na sua fulgurante existência, o Quarteto 4444 volta a paralisar Lisboa com um concerto orgástico, espantástico, formidrástico e mirbolástico!
Espera-se uma hecatombe rodoviária taxiviária metroviária e até pe(i)doviária quando o super-grupo liderado por Manuel João Vieira actuar no Maxime Cabaret, na próxima sexta, dia 26 de Setembro, pelas 23h30!
O trânsito será cortado entre o Campo-Grande e Alcântara, entre o Parque das Nações e a Buraca, entre Sta Apolónia e Algés, enfim: Lisboa vai parar como se Portugal estivesse na 4444ª final sabe-se lá de quê!...
O que se sabe é que temos uma super-equipa liderada por Vieira, acolitado pelo ponta-de-lança Carlos Barreto – o homem que toca de luvas (contrabaixo) – e ainda um meio-campo de meia-noite: John Lucas (irmão de Jorge Lucas – no piano Hammon) e Jerry Garcia (Irmão de Beto Garcia – na bateria polifónica).
Google it! Seja dos primeiros a chegar ao Maxime! Alugue já um espaço para a sua tenda! Ainda há vagas na Pr. do Chile, Campo das Cebolas e Largo da Luz!
Dia 26 vai ser a pulga da loucura!

IMAGO - Festival de Cinema Jovem já mexe


O IMAGO - Festival de Cinema Jovem que se realiza de 4 a 12 de Outubro no Fundão, conta já com a sua 9ª edição.
O IMAGO é um festival de jovens realizadores, uma vez que a idade limite para concorrerem é os 35 anos.
Este ano o festival promete não deixar os espectadores sem escolhas, dado que a sua programação é intensa e de qualidade.

COMPETIÇÃO OFICIAL INTERNACIONAL
Na principal competição há um total de 30 curtas a concurso, entre Animação, Ficção, Experimental e Documentário.
Os filmes foram escolhidos entre as 1270 inscrições recebidas, provenientes de 70 países e exclusivamente de jovens realizadores até aos 35 anos (ou primeira obras).

COMPETIÇÃO UNDER 25

Na mais jovem competição do festival há espaço para todos os formatos vídeo, muita imaginação, baixos orçamentos e realizadores até aos 25 anos.
Para esta edição estão seleccionadas 21 curtas, escolhidas entre 449.

OS JURIS

Os JÚRIS INTERNACIONAIS constituídos por figuras de renome ligadas ao universo do audiovisual são responsáveis pela atribuição dos mais de 10 mil euros em prémios.
O JÚRI ONDA CURTA/RTP2, que escolhe uma selecção de filmes para aquisição de direitos de exibição na televisão pública.
O JÚRI JOVEM, que atribui o PRÉMIO ao seu filme favorito da Competição Oficial Internacional.
O mais esperado, o JURI PUBLICO que através das suas votações atribui o PRÉMIO ao seu filme preferido das 2 competições.
Este ano o festival promete não deixar os espectadores sem escolhas, dado que a sua programação é intensa e de qualidade.
A uma semana da abertura deixamos alguns dos filmes que poderá assistir nesta 9ª edição do IMAGO.

PROGRAMAS ESPECIAIS (Cerca de 30 projecções, entre curtas e longas)

DOCUMENTÁRIO E MÚSICA

São poucos os documentários sobre música feitos em Portugal. Ao contrário do que se passa um pouco por todo o Mundo, no nosso País a explosão de filmes documentais centrados na indústria musical – sejam eles sobre bandas, artistas a solo, movimentos ou editoras, sobre determinados períodos na história da música, sobre festivais ou simples concertos – ainda não aconteceu. É acerca disto que o IMAGO quer reflectir nesta edição.
O programa centra-se em 2 RETROSPECTIVAS fundamentais para entender o documentário musical – D. A. PENNEBAKER E JULIEN TEMPLE -, complementado com um reforço de Docs Musicais no Heineken Open Space e ainda com o programa PROSPECTIVA, a incidir sobre o trabalho do jovem realizador francês VINCENT MOON.D. A . PENNEBAKER & JULIEN TEMPLE.
Referências incontornáveis do documentário musical, os realizadores norte-americano e britânico, respectivamente, são alvo de retrospectivas da sua obra. Os programas foram escolhidos pelos próprios especialmente para o IMAGO e incluem longas e curtas. Clássicos como “Don’t Look Back”, “Monterey Pop” e “1PM”, de Pennebaker, “The Great Rock n’ Roll Swindle”, “Joe Strummer: The Future is Unwritten” e “The Filth and The Fury”, de Temple, fazem parte do alinhamento. Julien Temple marca presença no Festival e faz parte do Júri Internacional para a Competição Oficial.
PROSPECTIVA – VINCENT MOON

Aquele que a sua função é a descoberta de novos talentos que são apostas firmes do Festival como referências para um futuro próximo, centra-se este ano num realizador que tem focado o seu trabalho no documentário musical. O francês Vincent Moon é conhecido pela sua ligação ao site “La Blogothèque”, muito por culpa do projecto “Take Away Shows”, mas também pelo recente documentário sobre os The National, "A Skin, A Night", ou o novissimo “Adelia, I Want To Love”, um filme em formato curto sobre os Mogway. Ambos fazem parte, entre outros, do programa especial que o festival lhe dedica, sucedendo assim nesta secção aos directores de fotografia que estiveram em foco em 2007, Rui Poças (PT) e Xavi Gimenez (SP) e aos realziadores Nicolas Provost (BE), Rosto (HL), Lynne Ramsay (UK), Lukas Moodyson (SE), Javier Fesser (SP) e Filpe Alçada (PT). Moon faz parte do Júri Internacional para a Competição Oficial.

GODARD AROUND 68

Programa dedicado à obra do mestre Jean-Luc Godard focada essencialmente no Maio de 68, servindo assim como marco comemorativo dos 40 anos do movimento estudantil que revolucionou o mundo e, muito em particular, o universo cultural, tendo deixado marcas que perduram até aos dias de hoje. Em foco está o raro “Un Film Comme Les Autres”, mas também “La Chinoise”, “Sympathy For the Devil” e “Made in USA”. Godard que é também protagonista de “1PM”, de D. A. Pennebaker, em projecção no programa dedicado ao norte-americano.PROGRAMA ESCOLAS 34 minutos, 5 animações de outros tantos países, em 4 sessões exclusivas todas as manhãs, para os alunos das escolas básicas do concelho do Fundão.




HEINEKEN OPEN SPACE
(Mais de 80 projecções, entre longas, curtas e videoclips)

LA BLOGOTHÈQUE

Em ligação directa ao programa dedicado a Vincent Moon, o site La Blogothèque junta em duas sessões alguns dos melhores vídeos que fazem parte do seu extenso arquivo de Take Away Shows. Um conceito inovador na abordagem ao mini documentário musical, ou a uma nova forma de conceber o videoclip como muitos já vaticinam. De Sufjan Stevens aos Arcade Fire, passando por Andrew Bird, Dirty Projectors ou Bom Iver, entre muitos outros.

DOCS MUSICAIS

Secção de documentários sobre música que complementa o programa “Documentário e Música – De D. A . Pennebaker a Julien Temple”, com clássicos absolutos e obras mais recentes. No ecrã do Open Space passam, por exemplo, “Gimme Shelter”, “Wattstax”, “Heima”, “Part of the Weekend Never Dies”, "American Sasquactch - Super Furry Animals", "The Filth and the Fury", ou ainda o concerto dos The Allstar Project no IMAGO.

CARTA BRANCA – FINDERS KEEPERS

Todos os anos damos carta branca a uma produtora ou um festival para apresentar um programa no festival. Este ano a tarefa cabe à editora/produtora britânica Finders Keepers, especialista em recuperar dos arquivos escondidos pérolas do cinema mais alternativo e suas respectivas bandas sonoras. Sob a alçada do prolifíco e multifacetado Andy Votel (Twisted Nerve/B-Music), a Finders Keepers seleccionou para o Imago 6 documentários musicais que certamente não poderão ver em mais lado nenhum. Casos de "Groupies", de Ron Dorfman, "Histoire De Melody Nelson", de Jean-Christophe Averty, ou "Hasta Que Se Ponga El Sol", de Aníbal Uset, entre outras preciosidades.

THE WORLD OF ...PROFESOR NIETO Um dos mais promissores jovens realizadores da actualidade. Colombiano, residente em França, trabalha com a produtora Autour de Minuit (que esteve em destaque na edição de 2006) e mostra no IMAGO várias curtas representativas do seu estranho universo.
THIS IS....TIGERSUSHI A editora francesa, casa de Joakim e Principles of Geometry, que tocam ao vivo no IMAGO, apresenta vários videoclips dos seus projectos.
MUVIES.PT O melhor dos videoclips nacionais de 2008, com a electrónica, o rock, o hip hop, a pop mais independente e... fado, a marcarem forte presença através de alguns dos mais interessantes projectos portugueses da actualidade: Peixe:Avião, X-Wife, Deolinda, Bildmeister, ou Dama Bete, Os Pontos Negros, Vicious 5, ou Norton são alguns dos nomes em destaque.
SANTI AGUADO ROOSTER Videoclips deste promissor realizador espanhol que tem no seu currículo trabalhos para M Ward, Hypnotic Brass Ensemble ou El Chavo.

CASA DA ANIMAÇÃO - FESTA MUNDIAL DA ANIMAÇÃO

São dois programas de curtas apresentados pela Casa da Animação. Um com "Animações Portuguesas", outro, "E-Magiciens" com animações de algumas das melhores Escolas Europeias de Cinema.

SOUND & VISION EXPERIENCE


BADLY DRAWN BOY (UK) - Dia 10 de Outubro
Desta vez é que é. Badly Drawn Boy está no IMAGO. Numa altura em que goza uma pausa na carreira e depois de 4 álbuns nos últimos 8 anos, todos aclamados pela crítica e tendo o último "Born in the UK" visto a luz do dia em 2006, Damon Gough, vem especialmente ao Fundão em formato acústico para nos presentear com as suas canções mais que perfeitas. Uma noite memorável para o Festival e certamente para os muitos fãs do músico britânico que vão marcar presença. A acompanhar Badly Drawn Boy, o seu sócio na Twisted Nerve e figura ímpar do meio musical de Manchester, Andy Votel, traz dois dos mais importantes novos projectos da editora: VOICE OF THE SEVEN WOODS (UK) e SAMANDTHEPLANTS (UK).
O primeiro (Rick Tomlinson, com a sua weird-acid-folk e extraordinária forma de tocar guitarra, viu o seu álbum de estreia integrar as listas dos melhores de 2007 nas mais importantes publicações musicais um pouco por todo o mundo, os segundos, depois de uma série de singles preparam-se para o primeiro LP. Melhor era impossível.

JOAKIM & HIS ECTOPLASMIC BAND (FR) - Dia 4 de Outubro
Como músico e DJ Joakim deu ao mundo alguma da melhor electrónica concebida nos últimos 10 anos. Entre as suas inúmeras encarnações a mais recente leva-o aos palcos acompanhado de uma banda e revitalizando por completo a sonoridade que antes provinha quase exclusivamente de máquinas. O som é mais quente, as canções estão mais definidas e Joakim assume-se como um dos mais interessantes artistas da pop electrónica actual. Um concerto de estreia em Portugal a não perder integrado no destaque dado à casa mãe do músico francês, com o programa THIS IS... TIGERSUSHI.PRINCIPLES OF GEOMETRY (FR) Podiam ser apenas mais uns a tocar música a partir de computadores. Mas esta dupla da Tigersushi quer ser muito mais que isso e para além da música espacial e delirante que produzem apostam num conceito visual que promete espantar o público.

DARREN HAYMAN & JACK HAYTER PLAY HEFNER - dia 11 de Outubro
Para quem não andava distraido em meados dos 90 os Hefner foram para muitos uma espécie de salvação em época de hype brit pop. Darren Hayman foi um contraponto ao vazio intelectual que assolou muita da música pop alternativa nessa altura. Um escritor de canções na senda de Morrisey (embora muito mais discreto e menos bem sucedido comercialmente), com histórias para contar, críticas acutilantes a fazer à sociedade britânica e músicas que não se esquecem. Gerou um culto ferveroso, alienou as massas e deixou os Hefner adormecer depois de vários discos incontornáveis. Um deles chama-se “Fidelity Wars” foi editado há precisamente 10 anos e foi por causa desta data e da sua reedição que Hayman decidiu voltar à estrada sob o nome Hefner. No IMAGO toca pela penúltima vez neste formato em ambiente intimo e com direito, diz ele, a pedidos do público. Preparem as gargantas, voltem a ouvir os discos (se é que alguma vez o deixaram de fazer) porque “this is it”.

MAINSLIDE + P.MA (PT) - dia 11 de Outubro
Um acontecimento sónico! Guitarras, pedais, casiotones, vozes perdidas e batidas minimais… das mais simples canções de embalar até ao ruído visceral, passando pela electrónica fora de moda. Mainslide é um reflexo de algumas das maiores influências musicais de Nuno Santos que pertence também aos Bildmeister e aos mais recentes Evols, todos eles sediados em Vila do Conde cidade onde nasceu. Chega ao IMAGO acompanhado por Pedro Maia (p.ma) e as suas intervenções visuais baseadas na arte cinética e no psicadelismo. Uma exploração visual baseada no conceito de feedback. Recorrendo a ferramentas analógicas e obsoletas como televisores, câmara de vídeo, misturadora de vídeo e processadores de imagem. PERFORMANCE //

ON THE ROAD (PT) - dia 11 de Outubro
Há precisamente 50 anos Jack Kerouac editava o livro “On The Road e o mundo nunca mais seria o mesmo. Inspiração imediata para toda uma geração de artistas, da literatura, à música, ou ao cinema, a obra prima da Beat Generation nunca mais parou de influenciar. Para assinalar a data dois dos mais importantes agitadores culturais do panorama nacional, Tiago Gomes (revista Biblia) e Tó Trips (Dead Combo) juntam-se em palco a Raquel Castro e através de imagens projectadas, do som da guitarra e da força da voz, percorrem o livro numa viagem delirante pela Route 66.DJ SETS //

TIGERSUSHI BASS SYSTEM - dia 4 de Outubro
A trupe da editora Tigersushi é comandada por Joakim e promete trazer à pista de dança do IMAGO o que de melhor e mais inovador se vai fazendo hoje em dia na música electrónica e não só. Space disco imparável. FINDERS KEEPERS AROUND THE WORLD DJ SET - ANDY VOTEL & DOM THOMAS (UK) Já é um homem da casa e pelo quarto ano consecutivo traz ao IMAGO uma noite muito especial, desta vez em complemento ao programa de cinema da Finders Keepers, em que se faz acompanhar do também repetente Dom Thomas e das suas colecções de discos muito particulares. As mais estranhas, desconhecidas e deliciosas sonoridades prog-folk rock psicadélicas, oriundas dos mais recônditos e inesperados pontos do planeta, passam por este Around The World e fazem-nos dançar como nunca pensámos ser possível.E ainda: EL PRAT DEL LLOBREGAT DJs (SP) – RUC DJs (PT) – GIRLS AGAINST HITS DJs (SP-PT) – FRIENDS & GUESTS DJs & VJs
Sáb 4
Concerto Cerimónia de Abertura (Auditório Lotação Limitada a 160 lugares) Opening Ceremony Concert (Auditorium 160 Seats Only) - Principles of Geometry w/ Pierre Vanni – 5€
Sáb 4Joakim & Ectoplasmic Band + Tigersushi Bass System djs (Sala de Concertos+Lounge) - 5€
Sex 10Badly Drawn Boy + Voice of the Seven Woods + Samandtheplants + Andy Votel & Dom Thomas dj set (Sala de Concertos + Lounge)- 10 €

Sáb 11

DARREN HAYMAN & JACK HAYTER PLAY HEFNER + On The Road – Tiago Gomes & Tó Trips Live Performance + (Auditório Lotação Limitada a 160 lugares) - 10€

Sáb 4 / Sex 10 / Sáb 11
Só DJs Only (Lounge + Open Space Mini Disco) – 5€ com Oferta 1 Bebida
De Dom 5 a Qui 9 (Open Space Mini Disco)
Friends & Guests DJ - Entrada Livre
Os bilhetes Concertos+DJs serão trocados por uma pulseira e darão acesso a todas as salas.

INFORMAÇÃO GERAL

O custo dos bilhetes das sessões da Selecção Oficial CGD é de 1,50€ para os menores de 30 anos e para os portadores de todos os Cartões Sociais Municipais e de 4 euros para o público em geral.
A sessão de abertura tem o preço único de 5€.
Os bilhetes para todos os espaços só podem ser adquiridos na bilheteira central do Festival, situada no Centro Cultural Moagem, das 14.30 às 18.30 e das 20.30 às 23.30.

Todos os filmes da Selecção Oficial CGD são legendados em Português e Inglês.
O Heineken Open Space tem entrada livre todos os dias na Sala Polivalente da Moagem.

Nova edição da " Egoista" traz uma novidade em flor


Nova edição da “Egoísta”
presta homenagem à Terra


Com diferentes propostas de reflexão, a “Egoísta” presta, agora, uma merecida homenagem à Terra.

Trata-se da edição de Setembro, que privilegia uma temática cada vez mais actual na sociedade contemporânea.
Num conceito original, a “Egoísta” propõe que o leitor plante uma semente, ofereça outra e cuide da Terra.

Para facilitar esta nobre tarefa a revista traz sementes de girassol na capa, de forma que o leitor possa contribuir para que o planeta seja um lugar melhor.
As páginas da revista da Estoril Sol são pontuadas de portfólios fotográficos de extrema qualidade - de Jordi Brauch a Pedro Cláudio, de Eduardo Gageiro a José Pedro Santa Bárbara - e fazem-se acompanhar por poemas (Ana Marques Gastão) ou pela prosa mais inovadora (Gonçalo M. Tavares, Alexandra Lucas Coelho, Maria Dulce Cardoso).
São 136 páginas que prestam uma homenagem à Terra, à que nos viu nascer, a este pequeno planeta atribulado: reflexões, memórias, ficção, lembretes.

A Terra em modo silencioso na “Egoísta”.

Os destaques do penultimo dia de Queer12

O penultimo dia do Queer 12 é marcado por Saturno Contro com estreia marcada para as 22h na sala 1 do Cinema S. Jorge.

Realizado pelo turco Ferzan Özpetek, debruça-se sobre uma geração de quarentões que, tendo vivido a sua juventude nos anos oitenta e noventa, descobre-se agora no meio de uma crise ideológica provocada pela exaltação do sucesso económico do indivíduo. À beira da maturidade, percebe que chegou o momento de fazer um balanço e de que é necessário redescobrir um sentido de "unidade". Isto porque num tempo de crises económicas, ameaça de doenças até aqui desconhecidas, calamidades naturais e o declínio da família tradicional, é cada vez mais importante criar uma sólida rede de amizades, por vezes autênticas famílias não convencionais.

Ferzan Özpetek: Nasceu em Istambul, em 1959.
Mudou-se para Itália, em 1977, para estudar na Universidade La Sapienza em Roma e, mais tarde, frequentou aulas de realização na Academia de Arte Dramática "Silvio D'Amico".
Começou a trabalhar como assistente de realização e estreou-se como realizador, em 1997, com a longa-metragem Il Bagno Turco.
É um realizador assumidamente homossexual que aborda as questões da sexualidade em vários dos seus filmes.

Hoje, temos ainda a destacar no âmbito do ciclo Queer Art, a curta-metragem de ficção, Chlore na sala 3 pelas 19.15h.
Robitaille, o realizador, traça aqui um ensaio contemplativo, duro e poético, sobre o tédio adolescente.
Na primeira cena, existe um fragmento de uma peça musical da artista de som e ecologista acústica canadiana Hildegarde Westerkamp, que já cedeu o seu trabalho a Gus Van Sant por várias vezes.

O Programa do Obsceno, marcado para as 23.59h na sala 1, fecha o penultimo dia com 8 Inches do brasileiro Max Julien.
Esta longa-metragem de ficção conta-nos a história de detective heterossexual que ao tentar apanhar um carteirista fica perturbado com as imagens capturadas pela sua câmara oculta. Sem pista alguma sobre o homem, apenas sabendo que usa o tamanho desmesurado do seu sexo como isca, o detective pede a ajuda do seu irmão gay. Ao penetrar cada vez mais fundo num novo mundo sexual, os seus sentimentos contraditórios acerca de assuntos por resolver do passado levam o detective a um ponto em que a realidade e a fantasia estão tão misturadas que não consegue diferenciá-las.